sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Aura Humana




aura humana



A aura humana rodeia todo o corpo físico, com efeito tridimensional, sendo que quanto mais saudável maior será a figura elíptica que o envolve. Em um indivíduo médio ela ocupa entre 2,5 e 3 metros ao redor do corpo. A forma, as cores, a nitidez e a distribuição de seus feixes de luz indicam estado físico, mental, emocional e espiritual.

Estamos trocando energias de forma permanente com nosso ambiente, seja respirando, comendo, eliminando toxinas ou detritos corporais que podemos ver e sentir. Entretanto existe um mundo invisível aos sentidos normais do ser humano. Da mesma forma que existe substâncias tóxicas para o corpo físico, que inclusive podem causar a morte, também existe energias etéricas e astrais. Assim como um ferimento físico pode fazer com que uma pessoa perca grande quantidade de sangue, um buraco etérico pode esvaziar sua energia vital. O mais problemático é que você irá ao médico por diferentes quadros de doenças ou sintomas físicos, que são tratados sem que se elimine a causa real. Em muitos casos sequer será possível detectar algum tipo de problema físico, sendo diagnosticado como "stress" ou "um vírus". Depois de tomar uma infinidade de pastilhas, ( remédios), fazer exames e mais exames dirão que não encontraram NADA! Só que você sente-se mal, está triste, sente cansaço, chora, falta um pedaço...

sim, um pedaço em alguma parte de seu campo energético, existe um buraco em sua aura, por onde sua energia está sendo drenada e ao mesmo tempo permitindo que entrem detritos energéticos de outras pessoas. Cansaço, sonolência, sensação de frio, sensação de estar sujo, "pegar" odores desagradáveis, extremidades frias são algumas das sensações mais habituais de que sua capa de energia está débil.

Quem necessita viajar em transporte público ou atender pessoas doentes ou estar em contato com muitas pessoas durante o dia certamente passará por situações em que sua energia pode ser vampirizada, sendo absolutamente necessário criar um campo de proteção.

DEUS - ESPÍRITO - MATÉRIA

Deus: a causa primária, a inteligência suprema, cuja natureza não nos é dada
conhecer, agora.
Espírito: o princípio inteligente, uma "energia pensante", com inteligência e
moralidade próprias.
Matéria: que na definição espírita é "tudo sobre o qual o Espírito exerce a sua
ação."
Observa-se, portanto, que o conceito espírita de matéria transcende à definição
da física oficial (tudo que tem massa e ocupa lugar no espaço). Se retirarmos do Universo
os Espíritos e Deus, tudo o que restar é matéria.
Reconhece-se três tipos de matéria:
a) Matéria Ponderável: é a matéria do mundo físico, que preenche o mundo dos
encarnados e dá origem aos corpos físicos;
b) Matéria Imponderável: é a matéria do mundo espiritual, num tônus vibratório
mais elevado que não nos é dado perceber. Forma o perispírito, as construções do mundo espiritual e os fluidos espirituais.
c) Fluido Cósmico Universal: É a matéria elementar primitiva, dispersa por
todo o Universo. Uma matéria extremamente sutil, cujas modificações e transformações vão constituir a inumerável variedade dos corpos da natureza. É nesse elemento primordial para a vida, que vibram e vivem todos os seres e todas as coisas: constelações e sóis, mundos e almas, como peixes no oceano. A manipulação desse fluido pelos Espíritos através de seus pensamentos e sentimentos,vai dar origem aos fluidos espirituais.


Já está comprovada a importância dos chakras para a saúde física.


CHAKRAS PRINCIPAIS OS SETE


CHAKRAS

A palavra chakra vem do sânscrito e significa roda, disco, centro, plexo. Nesta forma eles são percebidos por videntes como vórtices (redemoinhos) de energia vital, espirais girando em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo. Os chakras são pontos de interseção entre vários planos e através deles nosso corpo etérico se manifesta mais intensamente no corpo físico.

Os vedas (2000 a. c.) contêm os mais antigos registros sobre chakras de que se tem notícia. Quando foram escritos, a Yoga já sistematizava o conhecimento e o trabalho energético dos chakras.

São sete os principais chakras, dispostos desde a base da coluna vertebral até o alto da cabeça e cada um corresponde à uma das sete principais glândulas do corpo humano. Cada um destes chakras está em estreita correspondência com certas funções físicas, mentais, vitais ou espirituais. Num corpo saudável, todos esses vórtices giram a uma grande velocidade, permitindo que a "prana", flua para cima por intermédio do sistema endócrino. Mas se um desses centros começa a diminuir a velocidade de rotação, o fluxo de energia fica inibido ou bloqueado - e disso resulta o envelhecimento ou a doença.

Os chakras são conectados entre si por uma espécie de tubo etérico ( Nadi ) principal chamado "sushumna", ao longo do eixo central do corpo humano, por onde dois outros canais alternados "Ida" que sai da base da espinha dorsal à esquerda de sushumna e "pingala" à direita ( na mulher estão invertidas estas posições ).

Os nadis conduzem e regulam o "prana" ( energias Yin e Yang ) em espirais concêntricas. Estes nadis são os principais, entre milhares, que percorrem todo o corpo em todas as direções, linhas meridianos e pontos. Para os Hindus os nadis são sagrados, é por meio da "Sushumna" que o yogi deixa o seu corpo físico, entra em contato com os planos superiores e traz para o seu cérebro físico a memória de suas experiências.

O Corpo físico e cada um dos Chakra

Nosso corpo físico tem uma ligação sutil com o mundo astral. É através do desequilíbrio desta energia vital que as pessoas adoecem e acabam obstruindo esta ligação com o Divino. Daí, a relação entre as doenças e as crises emocionais. É muito comum ver pessoas que acabam somatizando e transformando energias negativas, depressão,raiva,solidão, em doenças físicas, como cânceres e outras mais graves. Nosso corpo físico tem pontos, que quando ativados, fazem fluir a energia vital, nos trazendo alegria e, principalmente, saúde. É através dos nadis (meridianos) - caminhos invisíveis dentro do nosso organismo - que a energia vital caminha por todo o nosso corpo e chega aos chakras, em pontos que concentram vibrações mais específicas, conforme veremos à seguir:

Muladhara - O primeiro chakra (conhecido como Chakra Base ou Raiz), situado na base da espinha dorsal, relaciona-se com o poder criador da energia sexual. Quando esse chakra está enfraquecido indica distúrbios da sexualidade ou disfunções endócrinas. Quando excessivamente energizado, indica excesso de hormônio, sexualidade exacerbada ou até mesmo a presença de um tumor no local.

Svadhisthana - O segundo chakra também chamado esplênico, sacro ou do baço, é responsável pela energização geral do organismo, e por ele penetram as energias cósmicas mais sutis, que a seguir são distribuídas pelo corpo. Quando esse chakra é estimulado, propicia uma boa captação energética.

Manipura - O terceiro chakra (conhecido como Chakra do Plexo Solar) localiza-se na região do umbigo ou do plexo solar, e está relacionado com as emoções. Quando muito energizado, indica que a pessoa é voltada para as emoções e prazeres imediatos. Quando fraco sugere carência energética, baixo magnetismo, suscetibilidade emocional e a possibilidade de doenças crônicas.

Anahata - O quarto chakra situa-se na direção do coração. Relaciona-se principalmente com o timo e o coração. Sua energia corresponde ao amor e à devoção, como formas sutis e elevadas de emoção. Na tradição católica, este chakra é simbolizado pelo coração luminoso de Cristo. Quando ativado desenvolve todo o potencial para o amor altruísta. Quando enfraquecido indica a necessidade de se libertar do egoísmo e de cultivar maior dedicação ao próximo. No aspecto físico, também pode indicar doenças cardíacas.

Visuddha - O quinto chakra fica na frente da garganta e está ligado à tireóide. Relaciona-se com a capacidade de percepção mais sutil, com o entendimento e com a voz. Quando desenvolvido, de forma geral, indica força de caráter, grande capacidade mental e discernimento. Em caso contrário, pode indicar doenças tireoidianas e fraquezas de diversas funções físicas, psíquicas ou mentais.

Ajna - O sexto chakra situa-se no ponto entre as sobrancelhas. Conhecido como "terceiro olho" na tradição hinduísta, está ligado à capacidade intuitiva e à percepção sutil. Quando bem desenvolvido, pode indicar um sensitivo de alto grau. Enfraquecido aponta para um certo primitivismo psico-mental ou, no aspecto físico, para tumoração craniana.

Sahasrara - O sétimo é o mais importante dos chakras, situa-se no alto da cabeça e relaciona-se com o padrão energético global da pessoa. Conhecido como chakra da coroa, é representado na tradição indiana por uma flor de lótus de mil pétalas na cor violeta. Através dele recebemos a luz divina. A tradição de coroar os reis fundamenta-se no princípio da estimulação deste chakra, de modo a dinamizar a capacidade espiritual e a consciência superior do ser humano.

Significado das cores:

Aura verde= Autoconfiança, capacidade de resolver problemas e de perdoar e de amar a paz; sensibilidade. É organizador, planejador e estrategista. A predominância da cor verde na aura das pessoas indica saúde e vigor. Esse tom costuma aparecer com grande intensidade na região da cabeça, pois está associado á atividade mental. Nos animais, a aura verde indica mansidão. Nas plantas, demonstra a emissão de fortes ondas de energia positiva, sendo muito comum nos vegetais dotados de propriedades curativas. Os objetos de aura verde são de uma autêntica fonte de positividade. Costumam apresentar esse tom depois de terem sido tocados por pessoas que estão de bem com a vida.

Aura amarela= Capacidade de dar e receber; ter esperanças; a saúde e a família desempenham um papel importante. Tem o dom de trabalhar em grupo harmoniosamente. O amarelo é uma das cores cinestésicas do espectro; isso significa que uma pessoa com aura desta cor tem uma reação física antes de ter uma resposta emocional ou intelectual. Quando ele entra numa sala cheia de gente, sabe de imediato se quer permanecer ou não. A predominância da cor amarela na aura das pessoas indica inteligência, facilidade para se comunicar e para aprender e supremacia da razão sobre a emoção. Nos animais, pode ser sinal de doença, debilidade física ou tristeza. Nas plantas significa falta de vitalidade, especialmente se a tonalidade do amarelo for muito fraca. Já os objetos de aura amarela costumam ser dotados de pouca energia ou emitir vibrações ruins. Aura azul=Capacidade de cura através das próprias energias mentais e espirituais; age sobre os outros de modo agradável e calmante; altos ideais de vida; sinceridade. O Azul personifica as características do cuidado e do carinho. É a cor da aura que mais se preocupa em ajudar os outros. Predominância da cor azul na aura das pessoas indica paz interior, harmonia, saúde equilibrada. Bem estar, descanso e autoconfiança. Geralmente se manifesta com maior intensidade após um ato sexual satisfatório e durante o sono. Nos animais, à aura azul é sinal de felicidade e de satisfação com o tratamento que vêm recebendo do dono. Nas plantas, indica propriedades tranqüilizantes e analgésicas. Nos objetos, pode ser interpretadas como uma emanação de fluidos positivos.

Aura laranja= Sua busca espiritual é, na verdade, uma busca de um sentido de vida além de si mesmo. A predominância da cor laranja na aura das pessoas indica capacidade de realização, sensualidade, boa saúde, versatilidade e dinamismo. Nos animais é sinal de manifestação dos instintos (fome, sede, desejo sexual). Nas plantas, indica a produção de sementes ou o nascer das flores. Nos objetos, expressa um grande potencial energético (é comum na aura de sinos e de objetos religiosos em geral).

Aura dourada= Adora saber como e por que uma determinada coisa funciona, e lança mão de uma paciência infinita. A espiritualidade, para a pessoa de aura dourada, é o estudo da ordem superior do universo e de leis e princípios que o governam. Ele quer entender a organização mental, as leis ou as probabilidades que geraram a ordem no interior do caos espiritual. A predominância da cor dourada na aura das pessoas indica espiritualidade elevada e prosperidade. Ela surge com mais intensidade na região do tórax, pois está associada ao amor, qualidade inerente ao centro energético do coração. Nos animais, o dourado expressa felicidade. Nas plantas, simboliza suavidade e fluidos positivos. Nos objetos, mostra que foram tocados por uma pessoa bem intencionada.

Aura violeta= Espiritualidade bem desenvolvida; inspirações criativas; capacidade de transformar os sofrimentos pessoais em fatores positivos para o próprio destino. O violeta é a cor do espectro mais próxima do equilíbrio psíquico, emocional e espiritual em vigor no planeta neste momento. A predominância dessa cor na aura das pessoas é expressão de poderes mediúnicos, capacidade de compreensão, saúde e mentes equilibradas.Quando surge nos animais, a aura violeta significa satisfação e fidelidade. Nas plantas, é sinal de uma força positiva tanto que as violetas e as flores de lótus que simbolizam a espiritualidade, costumam ter a aura dessa cor. Nos objetos, indica uma forte concentração energética, e, geralmente se manifesta depois que o objeto foi tocado por uma pessoa espiritualmente evoluída.

Aura prateada= Um curandeiro, médium natural. Utiliza energia para transformar luz em raios que curam, seu maior desafio é aprender a se conhecer e descobrir seus dons especiais.

Aura Anil Índigo= A aguda perspicácia intelectual é um dos aspectos mais gratificantes e mais exasperantes, é brilhante e inquiridor, com uma inteligência que vai muito além dos conceitos mais tradicionais.

Aura cristal= A predominância dessa cor (uma espécie de névoa brilhante e branca) na aura das pessoas indica dons telepáticos, poder de cura, para normalidade, pureza e bondade. Costuma se manifestar com maior força nas mãos de massagistas e outras pessoas que lidam com cura. Nos animais é sinal de capacidade de adaptação. Nas plantas, a aura cristal tanto pode significar positividade quanto falta de vigor e vulnerabilidade. E, nos objetos, a aura cristal, expressa o poder de receber e emanar energias.

BIOENERGIA

"ISTO É O HOMEM, UM SER DE ENERGIA NUMA GALÁXIA DE ENERGIAS, DINAMICAMENTE LIGADO A TODA A VIDA E ÀS FORÇAS DO UNIVERSO."

BIOENERGIA

A bioenergia é a energia primordial do todo.

É o campo onde tudo acontece. É a vida.

Sempre o homem teve consciência da existência dessa energia e ao longo do tempo foi chamada de energia KI, energia vital, Prana, Mana, Munis, Magnale Magnum, Magnetismo animal, Força ódica, Raios-N, Força "X", Energia Orgoni,Aura, Éter, Psicossomática, Energia bioplasmatica , Energia Psicotronica, etc.

Desde os tempos primordiais o homem conhece essa energia que aparece como aureola na cabeça dos santos, está presente nas curas pela imposição das mãos, na benção dos velhos, pais e clérigos, na rabdoscopia, nos fenômenos psi-kapa, na telepatia, nas terapias alternativas como Do-In, acupuntura, Shiatsu, moscabustão , etc.

Hoje com a Kirleografia, fotografia da aura, podemos ver e estudar a Bioenergia e seus efeitos. Sabemos hoje que está ligada diretamente com a saúde física e mental dos seres vivos, e que toda e qualquer enfermidade antes mesmo de aparecer no corpo já pode ser detectada através do fluxo da bioenergia nesse corpo.

Das doenças oriundas do desequilíbrio da Bioenergia, a mais freqüente é o CÂNCER (wilhem Reich - A biopatia do câncer)

Corrigindo e equilibrando esse fluxo, conseguimos evitar a manifestação da doença.

A Bioenergia se manifesta em dois pólos opostos e complementares,YIN - YANG, (masculino feminino, quente frio, luz sombra, centrípeto, etc. )

O campo Bioenergético é modulado pelas formas, de modo que todas as coisas adquirem uma potencialidade energética própria, obedecendo sempre os princípios da polarização.

Assim podemos caracterizar os alimentos em Yin ou Yang conforme sua forma, cor, sabor etc. (macrobiótica).

Toda as coisas portanto, tem sua polarização, conforme suas dimensões e formas, de modo que podem interferir por ressonância sobre os seres vivos, sendo assim benéficos ou não. conforme a potencialidade da sua polarização.

2 comentários:

  1. Quando entendemos, a própia línguagem de espresão, que conhecemos na leitura, que aqui estamos aprendendo.já tendo trabalhado com as energias de chakaras.Fica bem mais fácil,sempre tirar algo de bom. Pois somos méros aprendizes, neste mundo.E quanto mais inforamação,mais podemos guardar, coisas boas em nossos corações.Que o Deus criador do universo, sempre nos deixem em comunicação ao aprendizado.abraço aos amigos.Guinther

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz por contribuir de qualquer forma, coma leitura e o esclarecimento, é a melhor maneira das pessoas entenderem e aprender mais e mais, e disso tudo tirar um bom proveito dos esclarecimentos para poder ficar mais próximo de DEUS, e saber que tudo nesta vida somos apenas aprendizes a procura da luz DIVINA! Sejam sempre bem vindos!

    ResponderExcluir